CAMINHO DE VOLTA: Vereador visita base eleitoral

A reunião na Porto Lâminas foi a 92ª realizada durante a campanha que o vereador se comprometeu em retornar após eleito.

Assessoria
Publicada em 18 de agosto de 2017 às 11:37
CAMINHO DE VOLTA: Vereador visita base eleitoral

Com o objetivo de prestar conta de seu trabalho para seus eleitores, o vereador Aleks Palitot visitou na manhã desta terça-feira (15) a empresa Porto Lâminas, onde, durante o café da manhã conversou com os colaboradores da empresa sobre as ações desempenhadas na Câmara de Vereadores.

Para Aleks Palitot “é importante retornar as bases para reafirmar com aqueles que acreditaram no nome Aleks Palitot como vereador, o nosso comprometimento com a cidade, reafirmar nossos projetos, nossa agenda e as nossas metas. Falar do que já foi feito nestes oito meses, olhar cara a cara para o eleitor para que ele se sinta seguro em ter apostado no meu nome e me proporcionado ser o vereador mais votado da capital”, afirmou o edil.

Estas visitas, o olho no olho com o cidadão, segundo Palitot é o termômetro que afere se seu trabalho está no caminho certo, o que nem sempre é o mais fácil por que acaba sendo atribulado, mas ao mesmo tempo revigorante quando observa-se na fala de muitos o reconhecimento pelo trabalho transparente.

Apoio

“O vereador está de parabéns, vários candidatos passaram aqui para pedir voto, mas nenhum voltou depois das eleições. Estou acompanhando seu trabalho e na minha opinião ele está desempenhando um bom papel fazendo tudo certo”, afirma Nelson da Silva, encarregado de manutenção.

Sergio Marques, encarregado de Produção durante a visita reclamou para o vereador que na época da seca a poeira é um problema e no período de chuva a lama causa muitos transtornos para ele e seus vizinhos. Morador da rua Curitiba, no bairro Caladinho, Zona Sul da Capital há mais de quinze anos pediu uma intervenção para que algo fosse feito.

Como o papel do vereador é fiscalizar e cobrar ações do Poder Executivo Municipal, neste caso, de acordo com Palitot uma equipe de bairro entrará em contato com Sérgio e irá até sua rua para coletar dados que irão gerar o pedido de providência que será encaminhado para as secretarias que possuem um prazo de 40 dias para responderem a solicitação.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

Terra de ninguém

Terra de ninguém

Há 37 anos que respiro o ar poluído desta terra amaldiçoada. E há exatos 37 verões que nesta época do ano o oxigênio fica quase irrespirável.