O absurdo

O absurdo "politicamente correto" perdeu uma

07 de November de 2017

A decisão da ministra Cármen Lúcia, contra o recurso do MEC que pretendia zerar redação de quem, na prova do Enem deste domingo, não concordar com a política do “pensamento único” imposto pelos adeptos do “politicamente correto”.