Deputado federal Lindomar Garçon comemora aprovação das emendas MP 817 dos servidores dos ex-territórios

Lindomar Garçon considerou ser uma vitória para os servidores de Rondônia que há anos aguardam uma solução para o caso.

Assessoria
Publicada em 11 de abril de 2018 às 11:36
Deputado federal Lindomar Garçon comemora aprovação das emendas MP 817 dos servidores dos ex-territórios

A aprovação das emendas vai permitir o reenquadramento de todos os servidores e empregados públicos de órgãos oficiais do estado de Rondônia contratados até março de 1987.

Serão beneficiados os servidores da Emater, do extinto Banco do Estado de Rondônia (Beron), da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd), da extinta Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron) e os policiais, entre outras categorias.

Também foram contemplados, além daqueles servidores contratados até 1987, àqueles que fizeram concurso após esta data, que antes não estavam sendo agraciados pelo Ministério do Planejamento.

Lindomar Garçon considerou ser uma vitória para os servidores de Rondônia que há anos aguardam uma solução para o caso. “Vamos continuar trabalhando para que a MP 817 seja aprovada nos plenários da Câmara e do Senado com maior brevidade possível,” finalizou Lindomar Garçon.

Comentários

  • 1
    image
    WESLEY MARTINS 11/04/2018

    SEIS POR MEIA DÚZIA! NADA DE NOVO! E O QUE DEIXA TRISTE É QUE OS MUNICIPAIS DE RONDÔNIA NÃO SÃO CONTEMPLADOS, FICANDO ACEITO SÓ ATÉ 1981! DIFERENTE DE RORAIMA E AMAPÁ ONDE TODOS FORAM BENEFICIADOS.

  • 2
    image
    Observador 11/04/2018

    Será que combinaram com os Russos?? Se o pessoal da PM que entraram via judicial por determinação do STF através da ministra presidente Carmen Lúcia em ação da AGU determinou a devolução de todos PMs ao estado de Rondônia e determinou o bloqueio de todos os salários a serem recebidos pelos policiais militares e bombeiros ativos e inativos inclusive pensionistas não entrará com uma ação de inconstitucionalidade uma vez que a regulamentação deveria ser via PL e não MP. Alguém pode perguntar: Ah, mas AGU é órgão ligado ao executivo??!! Sim, mas não é órgão do chefe do executivo, é órgão que defende os interesses do estado, do país e não da pessoa do presidente. Aliás, se o TCU na figura do representante MPF naquele órgão questionar à constitucionalidade sobre despesas, receita e fonte para custear, bem como a legalidade de inclusão de todo esse pessoal de Roraima, Amapá e Rondônia sem concursos públicos aos quadros da União vai acontecer o mesmo que aconteceu recentemente com os PMs que foram transpostos via judicial e hoje à própria justiça os devolveu a Rondônia. Portanto, muita calma nessa hora!!

  • 3
    image
    Ronaldo 11/04/2018

    Comemora o que?????  Papagaio de Pirata... ninguém sabe quem será beneficiado, até hj o q temos de forma efetiva e demorada, é o que a ex senadora Fátima Cleide e Expedito Jr, conseguiram, vcs da Base desse Governo, além de votarem Tudo q eles querem, não conseguem Nada, ano eleitoral é assim, daqui à pouco vão dizer que não pode ser votado, para de nos Tentar fazer de Bestas....

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook