11/01/2017 - 09h24min - Atualizado em 11/01/2017 - 09h24min

Presidente do TRT14 reúne servidores e magistrados de Rondônia e Acre e apresenta metologia do Plano de Gestão de 2017-2018

O desembargador falou sobre a aplicação da Resolução n. 219 do Conselho Nacional de Justiça e suas repercussões no âmbito da Justiça do Trabalho.

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, desembargador Shikou Sadahiro, realizou nesta terça-feira (10/1) sua primeira reunião envolvendo magistrados, servidores, estagiários e terceirizados para desejar boas-vindas, apresentar a metologia do Plano de Gestão para o biênio 2017-2018, denominado Planejamento Orientado a Projetos e ressaltar os principais desafios que serão enfrentados na gestão iniciada dia 1º de janeiro de 2017, tendo como vice a desembargadora Socorro Guimarães.

Com transmissão ao vivo pela WebRádio14, o desembargador falou sobre a aplicação da Resolução n. 219 do Conselho Nacional de Justiça e suas repercussões no âmbito da Justiça do Trabalho, em especial nos Estados de Rondônia e Acre, que conta com 32 Varas do Trabalho, que trata da lotação e priorização do primeiro grau de jurisdição.

Os servidores e magistrados que acompanharam de suas unidades no interior de Rondônia e no Estado do Acre por meio da webradio enviaram perguntas em tempo real e aos que estavam presenciais no auditório do Regional também apresentaram suas perguntas e sugestões, todas as manifestações foram respondidas pelo desembargador presidente.

 

A desembargadora Socorro Guimarães, vice-presidente do Regional, também enfatizou o momento de dificuldades político-econômico que o país está vivendo, em especial o Poder Judiciário Trabalhista, e com isso haverá de ter maior esforço e contribuição de todos os magistrados, servidores, estagiários e terceirizados para que a efetividade de Justiça não seja afetada no âmbito da 14ª Região.

Para o desembargador Shikou Sadahiro administrar o Tribunal é um grande desafio, mas com a aplicação do Planejamento Estratégico PEP 2015/2020, como uma bússola das ações, e a tradução de indicadores em projetos e ações concretas será possível dar prosseguimento às ações e manutenção da prestação jurisdicional, sempre pautados na ética, transparência e atenção também ao primeiro grau. O presidente reforçou ainda, que a gestão se dará observando a tríade: Jurisdicionado, Pessoas e Infraestrutura.

 

Fotos

 

Assessoria de Comunicação Social - TRT14

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/01/2017 ás 12:23:00

Emeron abre inscrições para Especialização em Direito para a Carreira da Magistratura e Programa de Residência Judicial

A Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (EMERON) publicou no Diário da Justiça de ontem, 18, os editais para a turma 2017...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 19/01/2017 ás 11:41:00

Acusados de mortes de sem-terra em Cujubim serão levados a júri popular em Ariquemes

A sentença de pronúncia foi publicada nessa segunda-feira, 17.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/01/2017 ás 12:58:00

Procurador pode aguardar fim de processo para assumir novo cargo sub judice

O candidato concorreu sub judice, amparado em liminar concedida pela ministra do STJ Regina Helena Costa, e ficou em 20º lugar.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/01/2017 ás 12:55:00

Acusado de estuprar menor cega e deficiente mental deve permanecer preso

Há no processo informações de que o crime foi praticado com a ajuda da mãe da vítima, que teria dopado e oferecido a filha ao namorado para ser desvirginada.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 17/01/2017 ás 12:42:00

“Ignorância ativa”

Por Andrey Cavalcante

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 16/01/2017 ás 13:41:00

STJ reconhece excesso de prazo e liberta preso que estava em preventiva desde abril de 2015

A audiência de instrução e julgamento está marcada para agosto de 2017, quando a prisão preventiva completaria dois anos e quatro meses.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 16/01/2017 ás 13:39:00

Tribunal estadual deve analisar habeas corpus apresentado em plantão judiciário

O tribunal estadual não conheceu do habeas corpus ao argumento de que o pedido não se enquadrava nas situações de urgência que justificam a utilização do plantão judiciário.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 16/01/2017 ás 13:37:00

STJ revoga prisão temporária decretada em 2015 e nunca cumprida

A ministra afirmou que, no caso analisado, atualmente não estão mais presentes os motivos que fundamentaram o decreto de prisão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 16/01/2017 ás 13:35:00

Réu que cumpria pena indevidamente em regime fechado vai para o aberto

Na decisão, a ministra determinou a imediata transferência do réu para o regime aberto, considerando que a pena foi fixada no mínimo legal (quatro anos) e que o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP)...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 16/01/2017 ás 13:33:00

Falta de fundamento da ordem de prisão autoriza extensão de liberdade ao corréu

O corréu alegou que o habeas corpus concedido pela Sexta Turma a outro acusado na mesma ação não tem caráter exclusivamente pessoal, e que por esse motivo poderia ser estendido em seu favor.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2017 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com