O mel e o fel

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, disse que não podia aquinhoar melhor os servidores municipais porque o caixa da prefeitura estaria no vermelho.

Valdemir Caldas
Publicada em 18 de outubro de 2017 às 13:06

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, disse que não podia aquinhoar melhor os servidores municipais porque o caixa da prefeitura estaria no vermelho. Deu-lhes, portanto, três por cento de aumento (se é que se pode chamar essa merreca de aumento) e, para aplacar a ira dos mais exaltados, devolveu o quinquênio, que ele mesmo mandou retirar, sob o débil argumento de que se continuasse pagando o benefício, no futuro próximo, não teria como manter a folha de pessoal..

E não é que muita gente acreditou nessa piada de botequim. Houve, inclusive, quem elogiasse o prefeito pelo “esforço” de devolver o adicional aos seus legítimos donos, conquistado a duras penas. Servidores lotaram a galaria da Câmara Municipal para acompanhar a votação do projeto. Primeiro o prefeito deu o mel; agora, o fel. Ele acaba de mandar à apreciação do plenário um projeto de lei complementar alterando a estrutura organizacional da prefeitura. Trocando em miúdos: vem aí à criação de novas sinecuras, para desespero dos que confiaram no discurso oficial de carência de recursos. A proposta será discutida e votada logo mais às dezesseis horas, em duas sessões extraordinárias..

E pensar que o eleitor portovelhense acreditou, mais uma vez, no discurso renovador, carregado com tintas de amor a essa terra e à sua gente, de modo especial, muitos que prestam serviços à máquina oficial, os quais apostaram todas suas fichas na eleição do doutor Hildon Chaves - que, repito, não é uma má pessoa, mas está muito mal assessorado -, na esperança de melhores condições salariais e de trabalho. Esse pessoal está-lhe arrastando para o abismo do descrédito, prefeito, comprometendo a imagem de sua administração e, o que é pior, colocando-o em frequente rota de colisão, sobretudo com o funcionalismo, que o senhor prometeu durante a campanha valorizar..

Prefeito, não permita que néscios maculem a sua vitória maiúscula para a prefeitura da capital e enterrem definitivamente o seu futuro politico. Apesar de tudo, continuo torcendo pelo êxito de seu governo, conquanto vejo (com profunda tristeza) que muitos tripulantes da nau vêm remando na direção contrária. Quer um conselho? É de graça! Jogue-os ao mar, antes que eles levem a embarcação a pique com o senhor dentro..

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook