Morrem policiais encontrados desacordados em viatura no Rio

A assessoria da Polícia Militar confirmou as mortes e aguarda a perícia dos corpos para saber a causa das mortes.

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil*
Publicada em 07 de maio de 2018 às 10:28
Morrem policiais encontrados desacordados em viatura no Rio

Rosemberg de Jesus Príncipe e Bruno Pereira Martins dos Santos, (Redes Sociais/Reprodução)

Dois policiais militares morreram na madrugada do último sábado (5) após serem encontrados desacordados dentro de uma viatura, em Barra de Guaratiba, na zona oeste do Rio de Janeiro. Eles foram identificados como sargento Rosemberg de Jesus Principe, de 38 anos, e soldado Bruno Pereira Martins dos Santos, de 36 anos.

A assessoria da Polícia Militar confirmou as mortes e aguarda a perícia dos corpos para saber a causa das mortes.

Os PMs chegaram a ser socorridos para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiram.

Tiroteios

Na manhã do último sábado, policiais militares do Batalhão de Choque trocaram tiros com criminosos durante patrulhamento na favela da Rocinha. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, não há registro de feridos ou apreensões.

No Complexo da Maré, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos abordaram um grupo de traficantes que estava em deslocamento para o Complexo da Penha. 

Houve troca de tiros e Alex Sacramento da Silva, ou “Brancão”, apontado pela polícia como um dos responsáveis pelo roubo de cargas na Nova Holanda, e Wallace Alves da Silva, ou “Lalá”, que seria segurança do traficante Motoboy, foram feridos e socorridos. Wallace morreu no hospital.

Outras três pessoas foram presas e os policiais apreenderam  quatro pistolas e carregadores, cinco rádios transmissores, coldres e um veículo roubado.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook