Lazinho da Fetagro denuncia prejuízos nos laticínios e expulsão de assentados

​Milhares de litros de leite são jogados fora por falta de energia e centenas de famílias estão ameaçadas de expulsão de suas terras.

Assessoria
Publicada em 30 de março de 2017 às 09:22
Lazinho da Fetagro denuncia prejuízos nos laticínios e expulsão de assentados

Lazinho da Fetagro, deputado do PT, voltou a cobrar uma posição do governo do Estado com relação ao fornecimento de energia pela Eletrobrás Distribuição Rondônia, ou, segundo ele, a falta de energia, que traz transtornos e prejuízos à população produtora do interior do Estado.

Segundo Lazinho, é inadmissível que Rondônia, um dos maiores produtores de energia do País tenha muitas localidades do estado ainda com energia gerada a motor diesel.

O deputado se disse revoltado pelos prejuízos causados, principalmente na produção de leite e laticínios, que fica comprometida. Nas linhas 615 e 617 de Jaru, como exemplo, os produtores tiveram que descartar milhares de litros de leite, por falta de refrigeração.

Uma vergonha receberem a informação que terão que aguardarem 48 horas para o retorno da energia. Em 48 horas toda a produção já se perdeu e não pode ser recuperado de forma nenhuma, afirmou o parlamentar.

Reintegrações de posse

Outro assunto abordado pelo deputado, foi sobre as reintegrações de posse determinadas pela Justiça do Estado. Lazinho explicou que famílias assentadas há mais de 10 anos são jogadas na beira da estrada, sem que sejam verificados que, à época da distribuição das terras, não eram feitas as exigências que estão querendo que se cumpram agora.

Pediu que o governo do Estado interceda nesses processos, para evitar o absurdo de deixar famílias inteiras sem saber para onde ir.

Um exemplo destacado por Lazinho é o assentamento Canaã, na região de Theobroma/Ariquemes, onde cerca de 180 famílias estão sendo expulsas de suas terras e suas casas demolidas.

Comentários

  • 1
    image
    josé ricardo freitas 30/03/2017

    " Lazinho da Fetagro denuncia prejuízos nos laticínios e expulsão de assentados" "E O NOSSO PREJUÍZO, VOCÊ NÃO DENUNCIA DEPUTADO" , VAGAL, O PREÇO DO LEITE A R$ 0,85 CENTAVOS ISSO NÃO SERIA A CAUSA DOS PEQUENOS PRODUTORES DE LEITE VENDEREM, E IREM PRA CIDADE? O QUE VOCÊ ACHA DEPUTADO? ME RESPONDA? sou pequeno produtor prestes a ir também prá cidade.

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook