Dr. Jacob, uma referência para mim

Na minha infância, os irmãos Dahier e José Nelson, filhos do José Atallah, irmão mais novo de Jacob Atallah, tornaram - se meus melhores amigos . 

Eduardo Abilio, neto 
Publicada em 06 de dezembro de 2017 às 10:05

Na minha infância, os irmãos Dahier e José Nelson, filhos do José Atallah, irmão mais novo de Jacob Atallah, tornaram - se meus melhores amigos . 

À época , meu pai , Jackson Abilio , esclareceu-me sobre a honra que era ser amigo de membros da família Atallah , cujo patriarca , Abdon Atallah , era pioneiro da cidade onde nasci , Porto Velho , e o primogênito , Jacob Atallah , conhecido como Dr . Jacob , era uma referência pessoal , profissional e política do meu estado , Rondônia .

Esse esclarecimento foi tão marcante para mim que não só continua marcado em minha memória até hoje , como também , lembro - me , que , naquela época , aguardava , ansiosamente , pelo momento em que conheceria o “ Dr . Jacob “ . 

Porém , antes de conhecer o Dr . Jacob , conheci , na escola , uma colega , que se tornaria minha melhor amiga , namorada , noiva , esposa e mãe das minhas filhas , e pela qual eu me apaixonei à primeira vista , que se chamava Cynthia . Pela chamada do professor , eu descobri seu sobrenome , Atallah . Logo , soube que era parente dos meus melhores amigos . Mas , sua filiação , somente descobri no mesmo momento em que , finalmente , conheci o Dr . Jacob : ela era neta dele . Ela era filha da filha dele , Alcina Atallah .

Assim , com o tempo , além da honra de ser amigo de membros da família Atallah , passei a ser marido e pai de membros dela ; enfim , tornei - me , eu próprio , membro , e , como declarava o Dr . Jacob , “ neto “ dele . Com o ingresso na família , pude conviver , cotidiana e intimamente , com o Dr . Jacob e testemunhar o que o meu pai havia me esclarecido : de fato , ele era uma referência pessoal , profissional e política . 

Nesses 20 anos de convivência íntima , testemunhei o referencial do filho , marido , irmão , pai , avô e bisavô Jacob . Ele sempre honrou os seus pais . Ainda conheci sua mãe , Elza Freitas Atallah , para a qual ele era motivo de orgulho e satisfação . Também sempre acompanhou sua esposa , para a qual declarava sua paixão inicial e amor . Sempre educou seus filhos nos caminhos da formação e exercício profissionais e convivência familiar . E , ainda , sempre aconselhou seus netos e divertiu - se com suas bisnetas . 

Comigo , sempre retribuiu aquela admiração e respeito que meu pai tinha para com ele , a qual havia me levado a lhe conhecer . Não testemunhei , pessoalmente , o médico Dr . Jacob , nem o político Jacob Atallah , mas pude ler , ver e ouvir inúmeros e diversos testemunhos sobre essas fases de sua vida , os quais , por história , também comprovaram aquele referencial . 

Porém , como ele sempre declarou a mim , lembrando inicialmente do seu pai , depois da sua filha , e , mais recentemente , convivendo com suas bisnetas , “ a vida é um ciclo ” , e , por causa desse “ ciclo da vida “ , é que , neste instante , e após sua morte , sou eu que , emocionado , com os olhos marejados , mas sorrindo , escrevo sobre ele . Sobre esse referencial de homem para mim . Emocionado pela saudade dele e responsabilidade da sua herança , mas sorrindo pelas memórias , das quais sempre lembrarei feliz .

Dr . Jacob foi um referencial de homem , em sua plenitude , para todos os homens . E , para mim , continuará sendo . E , eu , enquanto homem social , que , quando criança , ansiava em conhecer essa referência , hoje , adulto , anseio para que o seu legado ultrapasse os limites da sua herança em família e estenda - se para toda a sociedade . Ele , durante a vida , não foi referência apenas para nós . E , também por isso , anseio que seja referência para essa e para as próximas gerações , em especial , dele , na qual se incluem minhas filhas , e dos seus amigos , colegas e admiradores . 

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook