Cassol comemora aprovação de MP da Transposição na Comissão

O senador Cassol (Progressistas- RO) e o deputado Luís Claudio (PR-RO) negociaram com o relator Romero Jucá e conseguiram aprovar uma emenda que vai permitir o reenquadramento de todos os servidores e empregados públicos de órgãos oficiais de Rondônia, contratados até 1987.

Assessoria
Publicada em 10 de abril de 2018 às 17:19
Cassol comemora aprovação de MP da Transposição na Comissão

Boa notícia para os servidores de Rondônia que aguardam o desfecho da transposição de cargos do governo estadual para os quadros da União.  Deputados e senadores aprovaram nesta terça-feira (10), na comissão mista, o relatório do senador Romero Jucá (MDB-RR) da medida provisória 817/18. A MP foi editada no início do ano pelo presidente da República Michel Temer e estabelece as regras do reenquadramento dos servidores dos territórios de Roraima, Rondônia e Amapá.

O senador Cassol (Progressistas- RO) e o deputado Luís Claudio (PR-RO) negociaram com o relator Romero Jucá e conseguiram aprovar uma emenda que vai permitir o reenquadramento de todos os servidores e empregados públicos de órgãos oficiais de Rondônia, contratados até 1987. Dessa forma serão atendidos os servidores da Emater, do extinto Banco do Estado de Rondônia (Beron), da Companhia de Águas e Esgostos de Rondônia (Caerd) e da extinta Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron). Policiais também foram contemplados.

Cassol considerou o texto final uma vitória para os servidores de Rondônia que há anos aguardam uma solução para o caso, o parlamentar alertou que a luta continua agora para garantir a aprovação do texto nos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado. “Vamos continuar negociando para que a MP seja aprovada no plenário. Depois disso faremos um trabalho junto ao Ministério do Planejamento e ao Palácio do Planalto para evitar vetos a medida”, explicou Cassol.

Comentários

  • 1
    image
    Gislene 10/04/2018

    Pois e, os servidores de 1983 a 1987 que se aposentaram passaram para o quadro federal e depois de um ano recebendo federal voltaram eles para o quadro Estadual e hoje estão recebendo do Estado, então como que este servidores destas empresas extintas que já estão sem o vinculo irão conseguir??? Não sera mais uma jogada de período eleitoral???

  • 2
    image
    PAULO 10/04/2018

    MAS ESTE TEXTO JÁ HAVIA APROVADO ANTES, COMO FICA OS SERVIDORES CONTRATADOS ATÉ 91?

  • 3
    image
    Pedro 10/04/2018

    Fica uma pergunta, e os antigos funcionários a muitos anos sem vínculo empregatício , será que os devidos processos serão deferidos?

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook