Apenado que trabalhava no DER é executado a tiros na capital

Durante a perícia foram  localizadas  várias cápsulas de calibre ponto 40 e pelo menos seis perfurações no corpo da vítima, principalmente na região da cabeça.

Tudorondonia
Publicada em 06 de janeiro de 2018 às 09:40
Apenado que trabalhava no DER é executado a tiros na capital

Porto Velho, Rondônia - Um apenado monitorado por tornozoeleira eletrônica da Sejus, identificado como Hélio José Scheeren, 46 anos, foi executado com vários tiros na noite desta sexta-feira (05) na rua Antônio Lacerda,  próximo da Avenida Tiradentes, bairro Setor Industrial, em Porto Velho.

De acordo com informações de testemunhas,  a vítima estava em um bar nas proximidades quando foi abordada por dois homens numa motocicleta Honda Bros,  de cor escura. O carona pulou da moto e, com uma  pistola calibre ponto 40,  efetuou vários tiros na direção da vítima,  que tentou correr, porém foi atingida e caiu mais a frente. O criminoso se aproximou e acabou de executar o apenado.

A Polícia Militar foi acionada. Uma equipe do Samu tambéme steve no local e confirmou a morte. A área foi isolada e a perícia  foi acionada,  junto com o rabecão,  para fazer os trabalhos de praxe. Durante a perícia foram  localizadas  várias cápsulas de calibre ponto 40 e pelo menos seis perfurações no corpo da vítima, principalmente na região da cabeça.

A vítima estava respondendo pelo crime de tráfico de drogas e atualmente prestava serviço no DER ( Departamento de Estrada de Rodagem) e era monitorada por tornozoeleira eletrônica da Sejus.

Segundo  sua namorada, ele teria ido comprar umas latas de cervejas.

Após a finalização da perícia,  o corpo de Hélio foi removido para o IML para exames mais detalhados.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook